Doula

A importância da Doula na Gestação, no Parto e no Pós-Parto.

  “O maior benefício que a presença da Doula proporciona para a mulher em trabalho de parto é o contato da feminilidade que produz um clima de intimidade, carinho, afeto e, acima de tudo, segurança.”

(Ricardo Jones)

Desde o início as mulheres dão à luz acompanhadas de outras mulheres mais experientes. Além da parteira no cenário do parto sempre tinha uma irmã, mãe, amiga, vizinha ou outra mulher que provavelmente já havia passado por aquela situação, e ficavam em volta da parturiente ajudando e apoiando no que fosse preciso. Como viviam perto da natureza, as mulheres usavam ervas, rituais, cantos, danças e práticas populares para ajudar no nascimento. No final do século XX os partos aos poucos deixaram de ser feitos em casa para serem feitos em ambientes totalmente hospitalares. E as pessoas que acompanhavam as parturientes foram deixadas de lado, pois não se permitiam a entrada destas a fim de evitar qualquer tipo de contaminação. A palavra Doula vem do grego “a mulher que serve”. Nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto, atuando em ambiente hospitalar e tendo igual importância em partos domiciliares. A OMS, no seu guia: “Assistência ao Parto Normal; um guia prático” (OMS/SRF/MSM/96.24), p.13, refere-se a doula como: “uma prestadora de serviços que recebeu um treinamento básico sobre parto e que está familiarizada com uma ampla variedade de procedimentos de assistência”. Fornece apoio emocional consistindo de elogios, reafirmações, medidas para aumentar o conforto físico, explicações sobre o que está acontecendo durante o trabalho de parto, é uma presença amiga constante.
A doula serve a mulher na gestação, no parto e no pós-parto:

  • Antes do Parto: a doula pode orientar o casal sobre o que esperar do parto e pós parto. Explica os procedimentos comuns e ajuda a mulher a se preparar, física e emocionalmente para o parto das mais variadas formas. A função principal da doula nesse momento é mostrar à mulher e a seu acompanhante quais opções eles têm para o nascimento de seu bebê montando um Plano de Parto (lista de preferências do casal em relação ao parto).
  • Durante o Parto: a doula funciona como uma interface entre a equipe e o casal. Ela ajuda a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, mostra formas eficientes de respiração e propõe medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamentos, etc.
  • Após o Parto: a doula faz visitas, oferecendo apoio para o período de pós-parto, especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebê.

Existem pesquisas que demonstram que a atuação da doula no parto pode:

  • Diminuir as taxas de cesária em 50%
  • Diminuir a duração do trabalho de parto em 20%
  • Diminuir os pedidos de anestesia em 60%
  • Diminuir o uso de ocitocina em 40%
  • Diminuir o uso de fórceps em 40%